Terror Em Waverly Hills Sanitarium-parte 3º

  • Iniciar tópico richard...2
  • Data de início
Status
Não esta aberto para novas mensagens.

richard...2

Convidado
link parte 2.

http://forum.the-west.com.br/showthread.php?p=466656#post466656


CONTINUAÇÃO

Scott Mark e David Price – Térreo




9:55 pm David: Estamos tendo nosso primeiro contato espiritual, Scott esta conversando com uma mulher que era paciente do asilo mas ele disse que esta muito difícil conversar com ela pois ela não responde a suas perguntas.

Scott: Esta mulher esta muito perturbada, ela não é uma pessoa violenta, mas esta muito inquieta e não me deixa aproximar dela. A única coisa que me disse foi para ir embora e deixá-la em paz ou “eles” iriam acabar me internando aqui também. Eu perguntei a ela quem eram “eles”, ela sorriu e apontou para minha direção, quando eu olhei para trás eu vi uma sombra, era enorme e fazia movimentos bruscos pelo corredor, quando eu pedi para se mostrar e conversar comigo ela veio em direção a mulher e os dois desapareceram. Vamos continuar nossa busca na ala dos quartos, os espíritos mantêm uma conexão muito forte pelo quarto onde costumavam viver ou até mesmo morrer.

12:25 am Scott: Antes de ir para a parte dos quartos viemos até a cozinha e refeitório que eram mais próximos, tudo aqui esta muito quieto mas posso sentir espíritos aqui e até sinto cheiro de comida, por alguma razão eles não querem se mostrar ou conversar comigo. Eu consigo ver uma ou outra sombra aqui e ali, estou achando muito estranho, pois a maioria dos espíritos que vagam assim não sabem que estão mortos, portanto não há razão para esconder, isso significa que os espíritos que habitam essa parte estão consciente da morte. David, você anda muito calado.

David: Eu não estou me sentindo muito bem, minhas pernas estão muito fracas e mal consigo andar, parece que não descanso ha dias. O que é aquilo? Você viu?

Scott: Vi sim, que coisa horrível. Vamos lá, talvez ela fale conosco. Nós vimos uma senhora já muito velha muito pálida e meio acinzentada. Ela tinha corrente nos membros e sangue na boca. Nós vamos correr para a ala dos quartos à procura dela.

David: Eu estou com muito medo Scott, eu não sou médium e nunca vi um espírito assim, olha estou todo suado e meu coração esta por saltar pela garganta.

Scott: Eu tenho pouca experiência, mas nunca um espírito tentou me machucar, não precisa ficar com medo. Vamos, estou sentindo uma energia muito forte vinda do lado onde ela apareceu.

David: Pra lá é a área dos quartos. Eu acho melhor cancelarmos a busca, eu estou me sentindo muito cansado.<

Scott: Você não disse que precisa de muito material para a revista onde trabalha, vamos lá.

3:01 am Scott: Estamos na área dos quartos, a principio não pude ver nenhum espíritos mas depois de um pouco de meditação me conectei com vários espíritos de pessoas que morreram aqui. Muitos não sabem que estão mortos e muitos sabem, mas querem deixar o lugar. Em um dos quartos nós encontramos a senhora de idade que vimos na cozinha, ela morreu muito velha, quando eu entrei nesse quarto senti um cheiro muito forte de urina e sangue, era como se estivesse fresco. Aparentemente ela estava acorrentada na cama quando morreu e por dias estava deitada em sua própria urina, pelo que eu posso ver o sangue vem dos braços e pernas por onde esta amarrada e também pela boca, pois um pouco antes da morte ela arrancou sua própria língua com os dentes. A alma dela esta muito atormentada e angustiada. Na hora de sua morte estava sozinha e somente depois de um dia foram descobri-la morta. Quando me viu pediu para não punir-la por ter saído do quarto. Eu tentei instruí-la para que ela possa se libertar, mas alguma coisa entrou no quarto e ela desapareceu. O David sentou em um canto ali e esta dormindo, eu estou achando que os espíritos estão lhe sugando a energia, eu estou me sentindo inseguro, pois não tenho muita experiência com lugares como este.

4:09 am Scott: Nos últimos minutos coisas muito estranhas tem acontecido, portas e janelas estão abrindo e fechando e estou vendo vultos por todos os lados. Eu acho que escutei o Billie em algum lugar, ou pelo menos parecia a voz dele. Eu já tentei acordar o David varias vezes, mas ele não responde, estou preocupado com ele, muitas pessoas são mais sensíveis e por serem despreparadas os espíritos se aproveitam para tomar conta, vou tentar de novo, precisamos sair do prédio o quanto antes. David, acorda, precisamos ir embora, David... Finalmente ele acordou. E ai tudo bem? Ta mais descansado? David, você esta acordado? Alguma coisa ta errada, ele esta de pé e com o olho aberto, mas não responde ao que eu pergunto. O que você esta fazendo cara? Larga isso David, não chega perto de mim...

David: Mais almas para mim atormentar, não é bom?

Scott: Deixa o corpo do meu amigo em paz, sai do corpo dele ou...

David: Talvez, depois de te matar. (Escuta-se um estrondo e gritos. O grito de Scott é bem definido pela altura, barulhos de coisas batendo e arrastando pelo lugar tomam conta da gravação até que a voz de Scott aparece gritando com toda força dos seus pulmões).

>Scott: *Ecce Crucem Domini! Fugite partes adversae! Vicit Leo de tribu Juda, Radix David! Alleluia! Espírito maligno, você está banido e excomungado, volte para as sombras que é seu lugar de direito. Prepare-se para que a luz te atire de volta no abismo. (Os gritos ao redor ficaram mais altos, podia-se escutar homens mulheres e crianças, todos gritando em um coro de terror depois de alguns minutos tudo ficou silencioso novamente e a voz de Scott esta próxima do gravador). O David foi possuído por um espírito, ele pegou um pedaço de um vidro e me atacou, estou com um corte no meu ombro esquerdo, esta sangrando muito. Ele esta desmaiado, vou carregá-lo até o carro. A saída é muito longe daqui e com todo o entulho no caminho vai demorar para chegar lá. Um espírito de luz esta conversando comigo, disse para eu sair daqui rápido, pois o prédio esta tomado pelas trevas e não é seguro ficar aqui, ele vai tentar me proteger.

6:04 am Scott: Acabo de sair do prédio, Charlie e Spencer que já estavam aqui me ajudaram a colocar o David dentro do carro. Ele não se move, esta dormindo profundamente. Gritamos por Billie e Tom, mas ninguém respondeu. Vamos orar por eles, nesse momento é tudo que eu podemos fazer.

*Eis a cruz do Senhor! Fugi forças inimigas! Venceu o Leão de Judá, A raiz de David! Aleluia!


CONTINUA...
 
Status
Não esta aberto para novas mensagens.